Quem prescreve homeopatia? Onde posso comprar medicamentos homeopáticos?
Descubra as nossas faq sobre a prática da homeopatia.  

1.Como se apresentam os medicamentos homeopáticos?

A forma emblemática do medicamento homeopático é o tubo de grânulos. Os tubos e as doses, que contêm grânulos e glóbulos, são de facto as formas características da homeopatia. Mas não são as únicas: vários medicamentos homeopáticos também estão disponíveis em xaropes, comprimidos, géis, pomadas, colírios, etc.

Independentemente da forma dos medicamentos homeopáticos, o seu fabrico está sujeito aos mesmos requisitos de qualidade e fiabilidade. 

2.Quem prescreve os medicamentos homeopáticos?

Os medicamentos homeopáticos são prescritos pelos profissionais de saúde especializados nesta prática: o médico de clínica geral ou o especialista. O farmacêutico pode igualmente aconselhá-los.

3.Onde posso encontrar medicamentos homeopáticos?

Em Portugal, os medicamentos homeopáticos estão disponíveis exclusivamente em farmácias e parafarmácias. Estas conhecem-nos e podem aconselhá-lo. Se quiser ter medicamentos homeopáticos no seu armário na farmácia familiar, as especialidades Boiron e alguns medicamentos unitários podem ser muito úteis para sua saúde do dia-a-dia. Aconselhe-se junto do seu farmacêutico.  

4.Como administrar grânulos ao meu bebé?

Para o bebé que ainda não se alimenta com colher, os grânulos (ou glóbulos) devem ser dissolvidos num pouco de água num biberão ou num copo.

Assim que começar a usar a colher, dê-lhe os grânulos para chupar usando um conta-grânulos e o conteúdo das doses com uma colher pequena, em várias porções.

Os grânulos ou glóbulos são administrados de preferência antes da refeição. 

Dica para os pais: 

Para poupar tempo, o número total de grânulos a administrar durante o dia pode ser diluído de uma só vez num biberão de água e depois dado ao bebé o número de vezes indicado pelo médico.

Se dissolver os grânulos num copo, é mais fácil administrar o líquido com uma pipeta. 

5.Os medicamentos homeopáticos são compatíveis com outros medicamentos?

O seu médico, o seu farmacêutico pode prescrever ou aconselhar-lhe um tratamento homeopático, sozinho ou em associação com outros medicamentos. É importante seguir as suas recomendações e procurar o seu aconselhamento em caso de dúvida. 

  

6.Como ler o rótulo de um tubo homeopático?

A “CEPA” refere-se à matéria-prima utilizada na base do medicamento homeopático. O nome da cepa é expresso em latim: isto permite aos médicos de todo o mundo identificar os medicamentos de forma fácil e precisa.

Uma das características do medicamento homeopático é ser diluído. O número (9, no exemplo abaixo) indica o nível de diluição. Neste exemplo, 9 CH significa que a matéria-prima foi diluída 9 vezes até ao centésimo (1 gota de matéria-prima em 99 gotas de solução hidroalcoólica).

As duas letras C.H significam Centesimal Hahnemanniana, ou seja, o método de diluição desenvolvido pelo Dr. Hahnemann, fundador da Homeopatia.  

7.Como devo tomar o meu medicamento homeopático?

Os medicamentos comercializados em tubos ou doses (grânulos e glóbulos) são tomadas oralmente, fora da refeição, e devem ser dissolvidas na boca:

- Os grânulos são normalmente tomados em doses de 5 grânulos, várias vezes ao longo do dia.

- A dose de glóbulos deve ser tomada por inteiro de uma só vez.

- A duração do tratamento homeopático e o número de tomas estão indicados na prescrição e/ou no folheto informativo do medicamento.

Em qualquer caso, deverá respeitar a prescrição médica ou os conselhos do seu farmacêutico. 

Vídeo Modo de abertura do tubo Boiron 
 

8.Por que motivo alguns medicamentos não têm indicação terapêutica, posologia ou folheto informativo?

Existem duas famílias de medicamentos na homeopatia. 

Alguns medicamentos homeopáticos não têm indicação terapêutica, nem posologia, nem folheto informativo. O motivo? Na homeopatia, o mesmo medicamento pode tratar diferentes doenças (distúrbios digestivos e insónia, por exemplo), e a mesma condição (a constipação) pode ser tratada por diferentes medicamentos, escolhidos em função do doente. Cabe ao profissional de saúde determinar quais devem ser tomados e como.
Estes medicamentos sem indicação terapêutica são frequentemente comercializados em tubos e doses (formas tradicionais de homeopatia) e são designados pelo seu nome em latim.

Outros medicamentos homeopáticos apesentam uma indicação terapêutica. A sua composição (uma combinação de vários medicamentos na maioria dos casos) foi desenvolvida para tratar um certo problema: constipação, tosse, afrontamentos, etc. No que se refere ao folheto informativo ou à embalagem, o doente necessita de saber em que caso o tomar. 
Estes medicamentos são comercializados na forma de tubos, doses, mas também comprimidos, géis, pomadas, xaropes, colírios, etc... Não têm um nome em latim, mas um nome de marca ligado ao laboratório que é o seu proprietário.  

 

Partilhar :

Facebook
Linkedin
test@tes.fr
ok